Home / Mitos e Verdades sobre o Vidro de Controle Solar Vs. Vidro Colorido

Mitos e Verdades sobre o Vidro de Controle Solar Vs. Vidro Colorido

   10 de novembro de 2017                Guardian

No primeiro episódio do Vlog do Vidro, vamos comparar verdades e mentiras sobre vidros de controle solar e vidro colorido.

Assista o vídeo completo aqui:

Vidro colorido ajuda no conforto térmico das residências?

Uma das grandes distinções entre as duas soluções é que o desempenho do vidro colorido é muito diferente de um vidro de controle solar na hora de oferecer conforto térmico a uma residência.

Uma janela comum, de 1m por 1m, aberta, tem entrada de calor que varia de 800 a 1200 watts por m². 1200 watts é o equivalente à 12 lâmpadas incandescentes de 100 watts.

É muito calor.

O vidro incolor permite a entrada de 90% desse calor, o vidro colorido 60%.

Já o vidro de controle solar, dependendo do tipo de vidro, permite a entrada de aproximadamente 34%, a 50%.

Vidro colorido ajuda no conforto luminoso de residências?

Vidro colorido ajuda no conforto luminoso, ajuda na redução da quantidade de luz que entra no ambiente, mas distorce as cores daquilo que é visto no exterior.

Uma paisagem verde, o mar azul, vistos por um vidro bronze, mudam completamente de tonalidade.

Vidros de controle solar não alteram a cor original do que está lá fora.

Vidro de controle solar não dá privacidade ao morador?

Comparando as duas soluções, ambas permitem que a visibilidade externa seja maior durante à noite, mas ao longo do dia, até as 19h, o vidro de controle solar oferece uma privacidade que o vidro colorido não pode entregar.
Isso resulta em uma qualidade adicional importante e relevante que supera qualquer outra solução.

Compartilhe:            

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial